Betinha acaba com a biografia do fanfarrão Arthur Neto, vai morrer no ostracismo

Vai ter muito o que explica da Operação Boca Raton

Na noite desta quinta-feira (17), o ex-prefeito de Manaus, Arthur Neto, anunciou sua saída do Partido Social da Democracia Brasileira, o PSDB. A decisão dirigida ao então presidente do partido no Amazonas, Bruno Araújo, foi publicada nas redes sociais de Arthur.

Além disso, o senador Plínio Valério (PSDB) é o novo presidente do partido no estado do Amazonas.

O político disse que ficou feliz e aliviado de saber pelo seu filho da decisão do PSDB de entregar o comando regional do Amazonas a um grupo de pessoas às quais desejo felicidades, êxitos, distância da corrupção e independência em relação a certos partidos e certos políticos.

No comunicado, o ex-prefeito de Manaus, agradeceu os 35 anos de história no partido.

“Há futuro pela frente e, para mim, nem posso dizer se, um dia, me filiarei a algum outro partido. Meu coração diz que não; vamos ver a mensagem do cérebro. Comunico-lhe, enfim, minha desfiliação do partido que recebeu quase 35 anos da modesta contribuição que eu e minhas limitações lhe poderiam emprestar”, concluiu a carta aberta.

No Amazonas, o partido é historicamente comandando pelo grupo político do ex-prefeito de Manaus, Arthur Neto, que ficou em terceiro lugar na corrida para o Senado Federal neste ano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui