Bolsonaro tem 29% em São Paulo e lidera isolado

Pesquisa do DataPoder360 com 3.000 entrevistas nos dias 25 e 26 de setembro de 2018 no Estado de São Paulo indica que o candidato do PSL a presidente, Jair Bolsonaro, atingiu 29% –sua maior marca entre eleitores paulistas.

No DataPoder360 de 9 a 11 de setembro, Bolsonaro tinha 24% em São Paulo. Subiu 5 pontos em 15 dias.

Segue o Blog do Pávulo no Facebook   Twitter  Instagram

Agenda de Eduardo pós-eleição inclui votação de projetos, Orçamento da União e BR-319

A margem de erro das duas pesquisas é de 2 pontos percentuais.

Como se tratou de levantamento com grande amostragem, foi possível estratificar os dados entre capital e interior. Bolsonaro manteve no período entre uma pesquisa e outra o percentual de 23% entre os eleitores da cidade de São Paulo. Mas pulou de 25% para 31% no interior –onde se concentra o voto paulista mais conservador.

A pesquisa no Estado de São Paulo é relevante porque o colégio eleitoral paulista é o maior do Brasil, com 22,4% dos brasileiros aptos a votar em 7 de outubro. Vencer com larga vantagem nessa unidade da Federação significa pavimentar o caminho para ter uma das vagas no 2º turno.

O resultado do DataPoder360 ganha importância nesta fase da campanha porque o eleitorado paulista pode ser determinante para a ampliação —ou não— da liderança do voto em Bolsonaro no Sudeste. O time bolsonarista continua a falar diariamente em vencer a disputa no 1º turno de 7 de outubro.

Neste momento, há 2 sinais muito claros: 1) a disputa em São Paulo está polarizada entre Bolsonaro e Haddad; 2) o teoricamente concorrente local mais forte, Geraldo Alckmin (PSDB), está com desempenho negativo –escorregou de 15% para 13% entre paulistas no DataPoder360.

Matéria completa