Bombeiros falam em 200 desaparecidos após rompimento de barragem em MG

2
73
Barragem Brumadinho

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais informou que cerca de 200 pessoas estão desaparecidas após o rompimento de uma barragem em Brumadinho (MG).

Ainda de acordo com a corporação, um posto de arrecadação de alimentos foi montado na Faculdade Asa de Brumadinho. Ao todo, 51 bombeiros e seis aeronaves atuam no resgate.

Acompanhe o Blog do Pávulo no Facebook  

PF prende Beto Richa na Lava Jato

 Anteriormente, a mineradora Vale  divulgou nota sobre o rompimento da barragem que aconteceu hoje (25) em Brumadinho. A empresa admitiu a possibilidade de vítimas no episódio. “Havia empregados na área administrativa, que foi atingida pelos rejeitos, indicando a possibilidade, ainda não confirmada, de vítimas”. Até o momento, nenhum órgão público confirmou mortes no local.

Segundo o comunicado da mineradora, parte da comunidade da Vila Ferteco também foi atingida. O grupo não explicou ainda as causas do acidente. A nota confirmou que o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil seguem no local realizando o resgate das pessoas.

Mais cedo, a Vale havia divulgado outra nota. “As primeiras informações indicam que os rejeitos atingiram a área administrativa da companhia e parte da comunidade da Vila Ferteco. Ainda não há confirmação se há feridos no local. A Vale acionou o Corpo de Bombeiros e ativou o seu Plano de Atendimento a Emergências para Barragens”, informou a empresa.

Desastre na grande MG

Uma barragem da mineradora Vale rompeu a manhã desta sexta-feira (25) em Brumadinho, cidade da Grande Belo Horizonte.

O rompimento foi confirmado pelo Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, que enviou equipes para o local. A defesa civil também foi acionada.

Momentos após o alerta ser disparado, era possível encontrar nas redes sociais vídeos que mostravam o mar de lama no local.

Assista:

O rompimento foi na região do córrego do Feijão, na altura do km 50 da rodovia MG-040.Fotos enviadas por moradores da região aos Bombeiros mostram uma grande quantidade de lama atingindo casas.

O helicóptero do Corpo de Bombeiros está sobrevoando o local. O secretário de Estado do Meio Ambiente, Germano Vieira, também está indo para lá.

.Segundo site oficial da Vale, a chamada Barragem I – Mina Córrego do Feijão é utilizada para disposição de rejeitos da mineração.

O presidente Jair Bolsonaro lamentou o rompimento da barragem por meio de sua conta no Twitter.

Nas redes sociais, a prefeitura de Brumadinho pediu estado de alerta para a população:

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here