Brasileiro é linchado em praça de cidade boliviana

1
161
Vinícius Chagas Maciel foi espancado e enforcado por moradores da cidade de San Julián, na Bolívia - Reprodução Facebook

São Paulo – O brasileiro Vinícius Chagas Maciel, de 31 anos, natural de Santana, no Amapá, foi espancado e enforcado por moradores da cidade de San Julián, na Bolívia, na madrugada da terça-feira.

Segundo a família, a vítima, que estava havia cerca de um ano no país, foi falsamente acusada de roubo e linchada por populares, que penduraram o seu corpo em uma praça da cidade.

Acompanhe o Blog do Pávulo no Facebook   Twitter  Instagram

Presidente do Paraguai tomará ‘medidas drásticas’ após assassinato de jovem por Marcelo Piloto, diz jornal

A irmã da vítima, Vitória Chagas Maciel, de 26 anos, disse ao jornal “O Estado de S. Paulo” que ficou sabendo do ataque por meio das redes sociais. “Um amigo dele postou informações sobre o caso”, disse. Segundo ela, Vinícius foi para a Bolívia a partir de um convite de um amigo que o chamou para trabalhar, proposta que acabou não se concretizando. A partir daí, o jovem buscou outros empregos e atualmente prestava serviço como auxiliar de mecânico em uma oficina.

Segundo Vitória, a vítima estava em San Julián a passeio. “Ele estava em um bar e um amigo o chamou para acompanhá-lo numa cobrança de dívida que ele ia fazer. Foram conversar com o homem e sua mulher começou a gritar que eles eram ladrões. Esse amigo então fugiu, mas Vinícius não conseguiu escapar da barbárie”, disse.

A família agora está se mobilizando para realizar o traslado do corpo. “Somos muito humildes e não temos condições. Estamos tentando levantar R$ 20 mil por meio de rifas e vaquinhas, fazendo o que é possível para ao menos ele ter um enterro digno”, disse Vitória. A polícia boliviana investiga o caso, mas não informou se alguma pessoa foi presa em ligação com o crime.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here