Câmara Compartilhada terá apoio da Escola de Contas do TCE-AM

MANAUS, 17/10/17 PRESIDENTE DA CAMARA MUNICIPAL DE MANAUS, VEREADOR WILKER BARRETO (PHS) APRESENTA PROJETO CAMARA COMPARTILHADA AO PRESIDENTE DO TCE ARI MOUTINHO. FOTO: ALFRAN LEAO / CMM

O presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereador Wilker Barreto (PHS) garantiu na manhã desta terça-feira (17), o apoio do presidente do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM), Ari Moutinho Júnior, ao projeto da Câmara Compartilhada. “A expertise da Escola de Contas vai auxiliar em muito no programa para compartilhar procedimentos entre a Câmara Municipal de Manaus e as Casas Legislativas da região Norte e municípios do interior”, destacou Wilker.

O projeto da Câmara Compartilhada, que será assinado no dia 25 de outubro na CMM, é um programa inédito desenvolvido pela Câmara de Manaus que visa compartilhar com as Casas Legislativas da Região Norte, especialmente com as Câmaras dos municípios do Amazonas, explicações técnicas de procedimentos em atividades legislativas e administrativas, além de ensinar métodos e técnicas aplicadas na Casa para promoção da eficácia das atividades desenvolvidas pelos respectivos poderes legislativos de cada município.

“É um projeto de fortalecimento das Câmaras legislativas do interior, que poderão aprender ou aperfeiçoar procedimentos desde processos licitatórios à prestação de contas e transparência das atividades e orçamentos”, explicou o presidente da CMM. “A sociedade de nosso Estado só tem a ganhar”.

Estiveram com o presidente no fechamento da parceria com a Escola de Contas o vereador Álvaro Campelo (PP) e o controlador chefe da Câmara Municipal de Manaus, Rubenilson Massulo. Logo após a criação da Câmara Compartilhada serão definidos os cronogramas dos cursos, que serão abertos a vereadores e servidores.

Texto: Dircom/CMM

Foto: Alfran Leão – Dircom/CMM

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui