Carlos Wizard teve aumento patrimonial incompatível com sua renda na pandemia, aponta Receita

0
1
Documento foi enviado à CPI da Covid, que investiga empresário; declaração fiscal está retida em malha fina

A Receita Federal apontou indícios de que o empresário Carlos Wizard teve um aumento de patrimônio em R$ 12,4 milhões incompatível com sua renda declarada em 2020. Essa declaração fiscal de Wizard está retida em malha fina, para análise de possíveis inconsistências.

A análise das contas de Wizard, investigado pela CPI da Pandemia, foi enviada em sigilo aos senadores no último dia 16, e obtida pela coluna. O empresário é suspeito de ter integrado um gabinete paralelo do governo Bolsonaro que defendia medidas ineficazes contra a Covid.

No documento, os auditores identificaram um “indício de variação patrimonial a descoberto” do empresário na declaração de imposto de renda de 2020.

O termo significa que a soma do patrimônio de uma pessoa não tem relação com os rendimentos informados à Receita. Em outras palavras, indica um crescimento financeiro sem lastro.

Segundo a Receita, de 2019 para 2020 há inconsistências de cerca de R$ 14 milhões na seção em que Wizard declarou seus bens e direitos. Na ficha de dívidas, outra mudança foi destacada pelos auditores: de zero em 2019, a dívida saltou para R$ 33 milhões no ano seguinte.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here