Daikin deve ampliar a produção em Manaus, de olho na exportação

Fotos: Layana Rios
O superintendente da Suframa, Alfredo Menezes, acompanhado do coordenador geral de análise de Projetos Industriais, Flávio Ramos, visitou nesta sexta-feira (17) a planta da Daikin – produtora de condicionadores de ar – localizada na BR-174, em Manaus.

Na ocasião, o superintendente foi recebido pelo diretor presidente da empresa, Tomoji Miki, e pelo gerente sênior, Hideaki Furihata, além do gerente de controladoria da empresa, Deberson Gomes.

Durante o encontro, os dirigentes anunciaram um plano de expansão a ser realizado nos próximos cinco anos, que deverá dobrar a capacidade produtiva da fábrica e colocá-la no mercado da exportação para a América do Sul. “Temos interesse na exportação e vamos precisar do apoio da Suframa para dar início a esse processo”, afirmou o diretor.

A planta da Daikin no Polo Industrial de Manaus (PIM) é a única da empresa no continente sulamericano e a proposta da empresa é torná-la o centro de negócios na América Latina, concentrando produção e engenharia na planta da capital amazonense. O grupo Daikin conta com 90 fábricas em diversos países e é líder de mercado na Europa e Japão, segundo informações da empresa.

O superintendente Alfredo Menezes agradeceu o convite para visitar a empresa e colocou a Suframa à disposição para ajudar nas demandas necessárias em relação à exportação. “Trabalhamos para impulsionar a economia e nossa equipe está à disposição para as demandas”, afirmou.
Com informações da assessoria de comunicação da Suframa