Doze municípios do Amazonas já aderiram ao INSS Digital

Em pouco mais de dez dias, doze municípios do Amazonas já aderiram ao programa INSS Digital, iniciativa da Associação Amazonense de Municípios (AAM) e do Instituto Nacional de Seguro social (INSS), que deve injetar R$ 7 bilhões na economia do Estado nos próximos três anos.

Os municípios que aderiram ao programa até o momento foram, Apuí, Itapiranga, Codajás, Tonantins, Ipixuna, Humaitá, Atalaia do Norte, Eirunepé, Juruá, Novo Airão, Careiro Castanho, Novo Aripuanã e Apuí, os três últimos já com agencias do INSS digital inauguradas.  

“Nossa meta é que pelo menos dez agencias do INSS Digital comecem a funcionar no interior até o final deste ano. Esse número vai aumentar gradativamente e em 2020, podemos gerar recursos de até R$ 150 milhões por mês para os municípios”, afirmou o presidente da AAM Andreson Cavalcante.

Em pleno funcionamento, além do incremento na economia, o programa ainda pode gerar 100 mil empregos em todo o Estado.

Programa – O INSS Digital é o novo marco do atendimento do órgão no Brasil, por diminuir o tempo de espera nos processos dos beneficiários, uma vez que ele é feito todo digitalmente.  Com ele, todos os 62 municípios do Amazonas ficarão cobertos com o atendimento do INSS, o que deve ampliar dos atuais 313 mil para 800 mil beneficiários.

Atualmente, a maioria dos municípios não têm agência do INSS. São apenas 27 unidades em todo o Estado, sendo sete em Manaus. Segundo o próprio instituto, o índice de benefícios pagos, de 7,7{9028a083913d3589f23731fda815f82dd580307fd08b763e2905f04954bd625c}, no Amazonas está abaixo da média nacional de 18{9028a083913d3589f23731fda815f82dd580307fd08b763e2905f04954bd625c}.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui