Everson falta em treino, aciona Santos na Justiça e tenta rescindir contrato

Peixe recebeu informação com surpresa; nos bastidores, se cogita a possibilidade de um interesse do Atlético-MG no goleiro

Gazeta Press

O goleiro Everson entrou na Justiça contra o Santos. O jogador de 29 anos, que não compareceu ao treino deste domingo (19 de julho), no CT Rei Pelé, cobra valores atrasados de salários e direitos de imagem, além de tentar a rescisão do contrato com o Peixe. A informação foi publicada inicialmente pelo UOL e confirmada pela Gazeta Esportiva.

O Alvinegro Praiano deve mais de quatro meses de direito de imagem e 70% do salário em carteira de trabalho referente aos últimos três meses. Devido à pandemia do novo coronavírus, o clube reduziu os vencimentos de todos os funcionários que recebem mais de R$ 6 mil, apesar de não ter chegado a um acordo com o elenco.

Internamente, o Santos considera uma medida arriscada por parte do arqueiro, enquanto outros atletas estariam tratando amigavelmente com a diretoria sobre o assunto. O clube ainda recebeu com surpresa a ação de Everson, já que existiam conversas entre as partes envolvidas com o intuito de chegar a um acordo.

Dentro do Peixe também há o entendimento de que o processo, que corre em segredo na Justiça, tem relação com um possível interesse do Atlético-MG, comandado pelo técnico Jorge Sampaoli. O time alvinegro não se pronunciou oficialmente.

Com a situação envolvendo Everson, Vladimir deve ser o titular do Santos no confronto diante do Santo André, nesta quarta-feira, na Vila Belmiro, na retomada do Campeonato Paulista após a paralisação.

(Crédito da imagem: Ivan Storti/Santos)