Luciano Huck comprou jatinho de R$ 17,7 milhões com juro subsidiado do BNDES

0
116

O apresentador Luciano Huck utilizou 1 empréstimo de R$ 17,7 milhões do BNDES para financiar a compra de 1 jatinho particular da Embraer. A aquisição foi realizada em 2013. As informações são do blog Tijolaço e foram confirmadas pelo BNDES à Folha de S. Paulo.

O empréstimo foi feito por meio da linha de financiamento Finame, focada em máquinas e equipamentos nacionais, e teve como beneficiária a Brisair Serviços Técnicos e Aeronáuticos Ltda, empresa da qual o apresentador e a mulher, a também apresentadora Angélica, são sócios.

A empresa aproveitou o PSI (Programa de Sustentação do Investimento), destinado ao financiamento de investimentos de empresas, compras de bens de capital e ações de pesquisa. Com isso, conseguiu uma taxa de juros subsidiada de 3% ao ano. A operação (íntegra) teve, ainda, 5 meses de carência e 114 meses de prazo para pagamento.

No PSI, extinto em 2016, os empréstimos eram feitos a taxas inferiores a TJPL (Taxa de Juros de Longo Prazo), usada até o ano passado nas operações do banco de fomento, de 6,75% ao ano. No Finame, as operações são realizadas por meio de 1 agente financeiro credenciado, que, nesse caso, foi o Itaú.

Procurada pelo jornal Folha de S.Paulo, a assessoria de Luciano Huck informou que o apresentador utiliza a aeronave duas vezes por semana para gravar o programa exibido pela TV Globo. Também afirma que o PSI “é 1 programa de incentivo à indústria nacional, por isso financia os aviões da Embraer”.

O BNDES diz que as condições do financiamento seguiram as definições do PSI e que, até dezembro de 2017, houve mais de 1 milhão de operações com as condições do programa.

PRESIDENCIÁVEL

Em pesquisa do Datafolha divulgada no dia 31 de janeiro, o apresentador da TV Globo aparece com 8% das intenções de voto em 1 dos cenários. Huck tem sido procurado por diversas siglas que têm interesse em lançá-lo candidato. As possibilidades de o global participar do pleito, no entanto, são baixas.

No início do mês, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) intimou a TV Globo e os apresentadores Luciano Huck e Faustão a prestarem esclarecimentos sobre suposta propaganda eleitoral antecipada.

BNDES

Eis a nota enviada pelo BNDES:

O BNDES reafirma seu compromisso com transparência de sua atuação e, em complemento às informações já disponíveis em seu site esclarece, a propósito da informação que circula nas redes sociais sobre o financiamento da compra de uma aeronave por uma empresa do apresentador Luciano Huck:

A Brisair Serviços Técnicos Aeronáuticos Ltda. contratou junto ao Itaú Unibanco S.A., em 2013, empréstimo para aquisição da aeronave no valor de R$ 17.712.346,00, por meio do programa BNDES Finame.

As condições seguiram aquelas definidas pelo Programa de Sustentação do Investimento (PSI), programa do governo federal operacionalizado pelo BNDES segundo condições estabelecidas pelo Conselho Monetário Nacional e vigente à época, com taxas de juros fixas entre 3% a.a. e 3,5% a.a. e oferecidas a qualquer empresa que obtivesse financiamento à aquisição de máquinas e equipamentos. Até dezembro de 2017, havia 1.036.572 operações registradas no BNDES com as condições do PSI, o que demonstra a pulverização do programa entre milhares de empresas de todo o Brasil.

O processo de concessão de financiamento do BNDES Finame é realizado por meio de agentes financeiros credenciados, que podem ser bancos, cooperativas e agências de fomento, por exemplo. Os agentes analisam o risco de crédito e decidem pela concessão do financiamento. O BNDES repassa os recursos após a verificação dos requisitos exigidos pelo produto.

É importante ressaltar que a principal função do BNDES Finame é fomentar a indústria brasileira de bens de capital, criando mecanismos de crédito que estimulem a produção, aquisição e comercialização de bens, máquinas e equipamentos nacionais, devidamente credenciados no Finame. Este credenciamento verifica o índice de nacionalização do bem ou se sua industrialização cumpre o Processo Produtivo Básico (PPB).

As informações sobre este e todos os outros financiamentos contratados desde 2002 podem ser obtidas em nosso site, em https://www.bndes.gov.br/transparencia.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here