Mike Pence a Juan Guaidó: ‘Trump está 100% com você’

Líder da oposição venezuelana Juan Guaidó ao lado do ministro das Relações Exteriores da Colômbia, Carlos Holmes Trujillo, revendo uma guarda de honra em Bogotá - AFP photo/Presidência da Colômbia

Bogotá –  O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, disse nesta segunda-feira ao opositor Juan Guaidó, reconhecido por cerca de 50 países como presidente interino da Venezuela, que ele pode contar com o apoio absoluto de Donald Trump.

“A você, presidente Guaidó, uma simples mensagem do presidente Trump: estamos 100% com você”, declarou Pence durante reunião do Grupo de Lima, que discute em Bogotá as próximas ações contra o governo de Nicolás Maduro.

Acompanhe o Blog do Pávulo no Facebook   Twitter  Instagram

Caminhões com ajuda à Venezuela voltam para Pacaraima

Pence agradeceu o convite para participar da reunião do Grupo Lima, formado por 13 países da América Latina e pelo Canadá, e criado em 2017 para promover uma saída da crise venezuelana.

Guaidó: “Ser permissivo com Maduro constitui uma ameaça para a América Latina”

O líder da oposição, Juan Guaidó, reconhecido por cerca de 50 países como presidente interino da Venezuela, pediu nesta segunda-feira ao Grupo Lima e aos Estados Unidos que não abrissem espaços para Nicolás Maduro, porque – na sua opinião – isso ameaçaria o continente.

“É importante recuperar a democracia na Venezuela porque aqueles que hoje usurpam o poder ameaçam a estabilidade do continente. (…) Ser permissivo com a usurpação do poder seria uma ameaça para toda a América”, disse Guaidó na reunião do Grupo Lima em Bogotá, com a presença do vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence.

Presidente da Colômbia pede a Grupo de Lima “cerco mais poderoso e efetivo” contra Maduro

O presidente da Colômbia, Iván Duque, pediu um cerco “mais poderoso e efetivo” contra o governo de Nicolás Maduro durante a reunião.

“Esta reunião tem que servir para tornar o cerco mais poderoso, mais efetivo e permitir construir rapidamente a transição pela qual o povo da Venezuela clama”, disse Duque na presença do líder da oposição Juan Guaidó e do vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence.