Pênalti polêmico em Hulk revolta Fortaleza e Wellington Paulista solta: “Seu vagabundo, safado”; súmula pode complicar para o Pici

Árbitro Caio Max Augusto Vieira assinalou penalidade de Titi no camisa 7 do Atlético-MG e sequer foi ao VAR checar o lance, que causou ira do elenco tricolor

O Fortaleza conseguiu uma vitória espetacular na estreia do Campeonato Brasileiro. Mesmo jogando no Mineirão, o time de Juan Pablo Vojvoda fez 2 a 1 contra o Atlético-MG, de virada, para largar com o pé direito na edição de 2021. E olha que nos primeiros 45 minutos, o Tricolor do Pici chegou próximo de se descontrolar com a arbitragem.

Vojvoda e o elenco tricolor ficaram inconformados com a marcação de pênalti de Titi em Hulk já no final da primeira etapa e convertida pelo camisa 7. Pela imagem, Titi disputa espaço com Hulk dentro da área e o atacante do Galo cai.

O potiguar Caio Max Augusto Vieira assinalou a penalidade, o que gerou reclamação geral dos jogadores do Fortaleza. Os mais exaltados eram Felipe Alves e Wellington Paulista, que receberam cartão amarelo.

O camisa 9, inclusive, tentou argumentar com o árbitro: “Olha o tamanho do cara”. O árbitro sequer foi ao VAR checar a jogada e Wellington seguiu: “Vagabundo, safado”. Os xingamentos foram nítidos pela leitura labial e a súmula do juiz pode render uma punição severa ao centroavante tricolor.