Pesca do mapará no Lago do Rei promete grandes resultados em 2019

0
66

Pescadores artesanais do município esperam mais de 300 toneladas de pescado e cerca de R$ 1 milhão em faturamento direto.

O Lago do Rei, que na verdade é um complexo composto por 68 lagos que se tornam um só no período da cheia, vai ser palco do maior evento de pesca artesanal do Estado pelo terceiro ano consecutivo.

Pávulo no Facebook   Twitter  Instagram

Governador Wilson Lima anuncia investimento de quase R$ 800 milhões com retomada de obras na capital e no interior

E com excelentes expectativas, de aumento da produção e da renda em relação ao ano passado, quando a produção chegou a 240 toneladas de pescado, levando os pescadores a faturarem cerca de R$ 800 mil, pagos em espécie imediatamente após as pesagens nos barcos dos frigoríficos compradores credenciados para entrar no local.
Até 2016, a pesca do mapará e de outras espécies era feita de forma extremamente predatória no Lago do Rei. Uma semana antes do fim do defeso anual, que ocorre no dia 15 de março, barcos pesqueiros de Manaus, de outros municípios e até do Pará invadiam a área e iniciavam a pescaria clandestinamente e sem qualquer controle, não deixando quase nada aos pescadores locais.
As coisas começaram a mudar, porém, em 2017, quando a atual gestão municipal assumiu e iniciou um trabalho de estímulo e apoio à organização dos pescadores, chamando-os para a discussão e elaboração de um acordo de pesca que tornou-se exemplo estadual.
A partir daí foram estabelecidos critérios quanto aos utensílios de pesca, tamanho mínimo de malha, tamanho e quantidade máximos de malhadeiras, data e horário para o início da pescaria e responsabilidades dos pescadores e comunitários quanto à preservação dos mananciais, inclusive definindo alguns lagos, identificados como berçários, para preservação permanente, e formando-se um comitê ambiental, composto por membros das próprias comunidades.
Por outro lado foi proibido o acesso de barcos “estrangeiros”, com o controle feito pelos comunitários e pelos órgãos municipais, com apoio decisivo das polícias Civil e Militar. Além disso, firmaram-se acordos com frigoríficos de pescado que se comprometeram a pagar preço mínimo e à vista, mantendo barcos frigorificados espalhados pela área durante os três dias de pescaria mais intensa.
O esforço coletivo gerou resultados praticamente imediatos e, já em 2017, a pesca do mapará no Lago do Rei rendeu quase 150 toneladas de pescado e faturamento em torno de R$ 500 mil, fato inédito até então para os pescadores artesanais do município.
Em 2019, a pesca do mapará no Lago do Rei deve entrar definitivamente no calendário dos grandes eventos do setor primário amazonense, com um apoio mais amplo do governo estadual através da Secretaria de Produção Rural, Secretaria de Pesca e Aquicultura, Instituto de Desenvolvimento Agropecuário (Idam), Secretaria de Meio Ambiente (Sema), Secretaria de Segurança Pública e também da Amazonastur, que iniciará estudos para orientar o município na formatação de um projeto de turismo de base comunitária no lago, que faz parte da Área de Proteção Ambiental (APA) Lago do Rei – Ilha do Careiro.

Programação
A fiscalização para evitar a entrada antecipada de barcos de pesca no lago já começou, com o monitoramento in loco feito pelos comunitários, agentes das secretarias municipais de Pesca e Aquicultura e de Meio Ambiente, e pelas equipes locais das polícias Civil e Militar.
Nessa última semana antecedente ao evento a fiscalização se intensificará, com a participação de agentes dos órgãos estaduais de proteção ambiental e o aumento dos contingentes policiais.
No dia 15, sexta-feira, das 16 horas em diante, estará permitida a entrada dos pescadores cadastrados e devidamente credenciados com seus barcos, canoas e utensílios, mas ninguém poderá pescar porque o defeso só termina à meia-noite.
No dia 16, sábado, às 7h, será dada a largada oficial à pescaria, com a presença do prefeito e membros da administração municipal, de dirigentes de órgãos estaduais e federais e, possivelmente, do próprio governador do Estado, Wilson Lima, convidado pessoalmente pelo prefeito Ramiro Gonçalves e pelos 11 membros da Câmara de Vereadores ainda no dia 12 de fevereiro passado, durante reunião de trabalho no Palácio da Compensa.

Suporte para a cobertura jornalística
Os veículos de comunicação interessados em enviar equipes para a cobertura do evento contarão com o suporte no traslado Ceasa-Lago do Rei-Ceasa, em voadeiras, podendo optar pela saída às 17h do dia 15, com pernoite em barcos da organização, jantar e café da manhã, ou pela saída às 5h do dia 16, com café da manhã após a largada oficial da pescaria.
CONTATOS PARA ENVIO DE EQUIPES DE REPORTAGEM
(92) 99138-0880 – Raimundo Passos
(92) 99154-4622 – Aldo Procópio
(92) 99405-7221 – José Oliveira
(92) 99158-7994 – Osmir Medeiros (coordenador de comunicação do evento)

PESCA DO MAPARÁ 2019 – LAGO DO REI
APA Lago do Rei – Ilha do Careiro / Município de Careiro da Várzea
Início oficial às 7h do dia 16/03/2019

REALIZAÇÃO
PREFEITURA MUNICIPAL DE CAREIRO DA VÁRZEA
Ramiro Gonçalves – prefeito / 99153-1887

ORGANIZAÇÃO
SECRETARIA MUNICIPAL DE PESCA E AQUICULTURA
Aldo Procópio – secretário / 99154-4622
Frankse Ramos – subsecretário / 99272-5781

SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE
Raimundo Passos – secretário / 99138-0880
José Oliveira – subsecretário / 99284-1357 (responsável pela logística de transportes)

APOIO ORGANIZACIONAL
Secretaria Municipal de Turismo (Vivaldo Santos – secretário / 99101-0044)
Secretaria Municipal de Saúde (Nato Leite – secretário / 99190-0066
Secretaria Municipal de Assistência Social (Preta Leite – secretária / 99136-4273)
Secretaria Municipal de Defesa Civil (Simone Barbosa – secretária / 99125-1101)
Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Osmir Medeiros – secretário / 99158-7994)
Guarda Civil Municipal (Sargento Palheta – comandante / 99190-6687)
Representação em Manaus (Joandson Araújo – representante / 99184-7949)
Colonia de Pescadores Z53
Sindicato dos Pescadores de Careiro da Várzea
Associação dos Pescadores e Pescadoras Profissionais de Careiro da Várzea

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here