PF afasta delegado bolsonarista acusado de ajudar garimpeiros

Veja

Investigado por supostamente vazar informações de operações da Polícia Federal a garimpeiros, o delegado bolsonarista Everaldo Eguchi acaba de ser afastado pela cúpula da corporação. A portaria foi publicada nesta quarta.

A acusação contra Eguchi é de violação de sigilo funcional durante a Operação Migrador, que investiga o garimpo ilegal de Manganês em Marabá, Sul do Pará.

Em julho deste ano a Justiça ordenou busca e apreensão na casa da Eguchi em Belém, onde encontrou uma mochila vermelha com maços de dinheiro em reais, dólares e euros.

Nas últimas eleições, Eguchi disputou o segundo turno da prefeitura de Belém pelo Patriota, com apoio explícito de Bolsonaro, mas foi derrotado por Edmilson Rodrigues, do PSOL.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui