PF: corrupção bancou Ferrari e Porsche para filho de servidora do Inep

O filho da ex-diretora do Instituto Nacional de Estudos Educacionais mora em São Paulo e circula em uma Mercedes. Veículo foi apreendido

Um dos alvos da Operação Bancarrota, deflagrada pela Polícia Federal na manhã desta terça-feira (7/12) para desarticular esquema de corrupção envolvendo contratos milionários de gráficas que imprimiam provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), é a servidora do Instituto Nacional de Estudos Educacionais (Inep) Eunice de Oliveira Ferreira dos Santos. Em 2018, ela ocupava o cargo de diretora de Gestão e Planejamento do Instituto.

O filho de Eunice Santos chegou a comprar dois carros importados, uma Ferrari e uma Porsche Cayenne. Atualmente, ele mora em São Paulo e circula em uma Mercedes. O veículo foi apreendido.

A funcionária do Inep atua como agente administrativo no Inep e está cedida ao GDF desde junho de 2020. Ela recebe salário bruto de R$ 7.023,46.

A casa da servidora, na Asa Norte, também foi alvo de busca e apreensão. A suspeita é que ela tenha recebido R$ 5 milhões das empresas beneficiadas com o esquema de corrupção, configurando enriquecimento ilícito.

A coluna apurou que outro alvo da ação é Gerson Leão Passos. Ele atuou como fiscal dos contratos investigados, recebe salário bruto de R$ 7.235,57 e não exerce função de chefia.

As informações foram confirmadas junto ao Portal da Transparência e ao Diário Oficial da União (DOU).

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui