Rodrigo Maia pode assumir o diretório estadual do União Brasil

Aliados do ex-presidente da Câmara dos Deputados trabalham para entregar nominata robusta

Se o prefeito de Belford Roxo, Waguinho, fosse adepto da barba, seria o caso de colocá-la de molho. O presidente estadual do PSL recebeu a promessa de comandar o União Brasil no Rio de Janeiro depois da homologação da fusão com o DEM — mas os bastidores estão agitados com uma movimentação para entregar o diretório ao grupo de  Rodrigo Maia, depois de sua reaproximação do governador baiano ACM Neto.

Na semana passada, o ex-presidente da Câmara dos Deputados se encontrou com o vice-presidente nacional do PSL, Antonio Rueda. Saiu com o compromisso de apresentar uma proposta de nominata.

O deputado federal Sóstenes Cavalcante — grande antagonista do prefeito da Baixada —, garante que a composição de Maia será mais potente do que a do adversário: “na hora certa, vamos provar à presidência do partido que a nominata do Waguinho está inflada”. Segundo o líder evangélico, parlamentares do próprio PSL estão do seu lado.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui