25.5 C
Manaus
quinta-feira , 28 jan 2021
Início Cultura “Se sente depreciado dentro do próprio clube”: empresário de Linclon dispara contra...

“Se sente depreciado dentro do próprio clube”: empresário de Linclon dispara contra o Flamengo e diz que Rubro-Negro não está sabendo administrar talento revelado na base

Em entrevista ao Futebol na Veia desta segunda-feira (28), na ESPN, Victor Remiro ainda falou sobre o futuro do jovem atacante de 19 anos

FOX Sports

Entre as principais joias reveladas recentemente pelas categorias de base Flamengo, o atacante Lincoln pouco vem jogando pelo clube na atual temporada e o fato incomoda o jovem jogador. Em entrevista ao Futebol na Veia desta segunda-feira (28 de setembro), nos canais ESPN, o empresário do atleta, Victor Remiro, abriu o jogo sobre a situação que envolve o atleta e falou sobre o seu futuro no Rubro-Negro.

“O jogador se sente depreciado dentro do próprio clube. A torcida, que é fanática, ama o clube, escuta de dentro do clube que o jogador não está bem e tem que sair, isso inflama. Lincoln estreou com 16 anos, foi para todas as seleções de base. É um talento que o Flamengo tem e não está sabendo administrar. Não dá para jogar tudo nas costas de um jogador. Quem vem da base tem que ajudar o clube, não resolver um problema de imediato. O jogador se sente triste. Várias vezes têm propostas para sair, e o clube não libera. Vamos sentar com o Flamengo. Se tiver que sair, vamos resolver”, começou por dizer.

“A vontade do jogador é ficar. Está desde os 12 anos. Tem uma paixão pelo clube. Mas pessoas do clube ficam atacando o jogador, parece coisa pessoal. O jogador precisa sair e seguir a vida”, concluiu.

Titular no empate em 1 a 1 com o Palmeiras, neste último domingo (27), Lincoln atuou em apenas seis jogos nesta temporada e ainda não balançou as redes. Seu contrato com o clube é válido até dezembro de 2023.