Senado define nesta 4ª feira nomes para Mesa Diretora; Flávio deve ganhar cargo

0
79
Processo de votação para presidente do Senado Federal., presidida pelo senador David Alcolumbre. Brasilia, 01-02-2019. Foto: Sérgio Lima/PODER 360

Os senadores devem definir nesta 4ª feira os nomes que irão compor a Mesa Diretora da Casa pelos próximos 2 anos. Em caso de acordo, haverá uma única chapa para a composição.

Segundo os líderes dos partidos, a composição da Mesa ficará assim:

  • 1º Vice – PSDB;
  • 2º Vice – Podemos;
  • 1ª Secretaria – PSD;
  • 2ª Secretaria – MDB;
  • 3ª Secretaria – PSL;
  • 4ª Secretaria – ainda indefinida, mas deve ficar ou com o PT ou com o PP. Quem perder, assume a 1ª suplência.
  • 2ª Suplência – PDT;
  • 3ª Suplência – PSB;
  • 4ª Suplência – PPS.

Acompanhe o Blog do Pávulo no Facebook   Twitter  Instagram

Choy reforça compromisso com o mercado de trabalho da advocacia, durante posse no Teatro Amazonas

Ainda não foram divulgados todos os nomes que devem fazer parte do novo comando da Casa. Entretanto, o senador Antonio Anastasia deverá assumir a 1ª Vice Presidência.

Uma das polêmica é a provável indicação do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ)para assumir o cargo de terceiro-secretário na Mesa Diretora da Casa.

Questionado sobre o caso Queiroz, o líder do partido, Major Olímpio, disse que “não vê o menor problema”. “Ele é 1 senador pleno, no exercício de seu mandato“, afirmou.

Entretanto, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), declarou que é preciso “aguardar e ter tranquilidade” em relação à indicação de Flávio para a Mesa Diretora.

Eu acho que o partido vai indicar o quadro que o partido decidir. Eu não posso me meter na indicação do PSL. O PSL deverá ter uma vaga de comissão, na presidência da comissão e vai compor a mesa, sim, como os outros partidos. Investigado tem tantos nomes aí no Brasil, a gente precisa aguardar e ter tranquilidade“, disse.

Desgastado, o MDB terá direito a indicar somente 1 nome para a Mesa. O partido ficará com a 2ª Secretaria, responsável por lavrar as atas da sessões secretas, lê-las e assiná-las depois do primeiro-secretário.

ACORDO DE CAVALHEIROS

Também está acordado que o PSD indicará o senador Sérgio Petecão (PSD-AC) para a 1ª Secretaria da Casa. Além disso, a bancada pleiteia a presidência da CAE (Comissão de Assuntos Econômicos), com o nome do senador Omar Aziz.

Na última Legislatura, Petecão já compôs a Mesa Diretora em 1 cargo mais modesto, de 2º suplente.

O aumento de poder da sigla se deve ao crescimento de sua bancada. O partido elegeu 7 senadores e filiou mais 3. Sua bancada com 10 cadeiras será a 2ª maior da Casa, atrás apenas do MDB, que tem 13.

A ascensão só fica atrás do DEM. A alta dos demistas deve-se a bem-sucedida articulação do partido e do ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, para eleger Davi Alcolumbre (DEM-AP) presidente da Casa. Depois de uma intensa guerra travada contra Renan Calheiros (MDB-AL), Alcolumbre se sagrou vitorioso no último sábado (2.fev.2019).

A 1ª Secretaria é conhecida como a “prefeitura do Senado”, porque comanda toda a administração da Casa. Nos últimos 2 anos, o cargo foi comandado pelo PT, com o senador José Pimentel (CE).

As presidências das comissões, entretanto, serão decididas apenas na próxima semana. Entre as mais almejadas está a CCJ (Constituição e Justiça), que deve ficar sob o comando da senadora Simone Tebet (MDB-MS).

ESTRUTURA

  • 1º Vice – substitui o presidente nas suas faltas ou impedimentos; exerce as atribuições estabelecidas na Constituição quando o presidente não as tenha exercido;
  • 2º Vice – compete substituir o primeiro vice-presidente nas suas faltas ou impedimentos;
  • 1ª Secretaria – assessora o primeiro-secretário do Senado Federal em sua missão institucional de superintender os serviços administrativos e realizar a supervisão geral do Senado Federal, segundo as diretrizes fixadas pela Comissão Diretora;
  • 2ª Secretaria – compete lavrar as atas das sessões secretas, proceder-lhes a leitura e assiná-las depois do Primeiro-Secretário;
  • 3ª Secretaria – fazer a chamada dos senadores, nos casos determinados no regimento; contar os votos, em verificação de votação; auxiliar o presidente na apuração das eleições, anotando os nomes dos votados e organizando as listas respectivas.
  • 4ª Secretaria – exerce as mesmas atribuições do 3º secretário.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here