Trump e Kim Jong-un assinam acordo de desnuclearização em Cingapura

0
54
O presidente norte-americano, Donald Trump e o líder norte-coreano Kim Jong-un assinaram nesta 3ª (12.jun) em Cingapura #BLOGDOPAVULO

O presidente norte-americano, Donald Trump e o líder norte-coreano Kim Jong-un assinaram nesta 3ª (12.jun) em Cingapura 1 acordo para desnuclearizar totalmente a península coreana em troca de garantias de segurança por parte do governo dos EUA.

Segundo o texto, os governos mantiveram um “intercâmbio integral, profundo e sincero de opiniões” sobre o estabelecimento de uma nova relação entre os 2 países e a construção de um regime de paz duradouro e dinâmico na península coreana.

ENCONTRO HISTÓRICO

O termo foi assinado depois do 1º encontro oficial entre 1 presidente dos Estados Unidos e 1 líder norte-coreano. A reunião entre Donald Trump e o ditador Kim Jong-un foi realizada na Ilha de Sentosa, a cerca de 20 minutos de Cingapura.

Por volta das 22h desta 2ª feira (11.jun.2018), 9h de 3ª feira (12.jun) no horário local, os 2 líderes deram 1 histórico aperto de mãos. A cúpula acontece no Hotel Capella.

No hall do hotel onde os 2 se cumprimentaram foram instaladas diversas bandeiras dos 2 países. Foi montado 1 grande esquema de segurança para o encontro.

Ex-empresária de Anitta ‘vende’ processo contra cantora por R$1 milhão

Logo após posarem para as fotos, Trump e Kim Jong-un se dirigiram para uma sala. Acompanhados por jornalistas e fotógrafos de todo o mundo, os 2 políticos falaram brevemente sobre todas as negociações até aquele momento.

Trump, disse que a conversa será “tremendamente bem-sucedida” e que não tem dúvidas de que os 2 países terão 1 ótimo relacionamento. Na sequência, com ajuda de 1 tradutor, o ditador norte-coreano afirmou que enfrentaram uma série de obstáculos, mas que hoje os 2 líderes estavam ali.

Os 2 líderes estão hospedados em Cingapura. Por volta das 21h desta 2ª, 8h de 3ª no horário local, as comitivas norte-americana e norte-coreana deixaram os respectivos hotéis rumo à ilha. O local foi escolhido por sua neutralidade.

Participam do tão esperado encontro apenas Trump e Kim Jong-un e poucos integrantes das duas delegações. Intérpretes também acompanharam.

Com informações da Agência Xinhua.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here