27 C
Manaus
quinta-feira , 03 dez 2020
Início Cultura Vasco não resiste e perde para o Internacional no Beira-Rio pelo Brasileirão

Vasco não resiste e perde para o Internacional no Beira-Rio pelo Brasileirão

Ex-Vasco e artilheiro do torneio, Galhardo deixou o seu na vitória por 2 a 0

Gazeta Press

A “lei do ex”, muitas das vezes, é implacável no futebol brasileiro. Quando o “ex” em questão está em boa fase então… O Vasco sofreu com Thiago Galhardo, que defendeu o clube em 2018 e trechos de 2019.

O Internacional é só alegria com Galhardo, principal figura do time no ano, não apenas na vitória por 2 a 0 sobre o Gigante da Colina, neste domingo, no Beira-Rio, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Colorado pulou para a liderança da competição, com 34 pontos, e jogou pressão no Atlético-MG, que enfrenta o Bahia, fora de casa, nesta segunda-feira, e precisa vencer para retomar o posto.

O Vasco mergulhou numa “viagem” pelo tempo, vendo o passado, sofrendo com o presente e esperando dias melhores no futuro. O passado na figura de Thiago Galhardo. O presente com mais uma derrota no Brasileiro, ampliando para seis jogos a sequência sem vencer pelo torneio. Já o futuro fica a cargo do técnico português Ricardo Sá Pinto. Ele assistiu ao jogo da arquibancada e viu que terá muito trabalho pela frente. O Gigante da Colina foi comandado pelo auxiliar Alexandre Grasseli contra o Inter.

Sá Pinto foi apresentado nesta sexta-feira. Se for regularizado a tempo, irá comandar o time à beira do gramado na quarta-feira. Contra o Internacional, deve ter observado que precisa recuperar, de cara, a confiança do Vasco. A sequência de seis rodadas sem vencer, sendo cinco derrotas e um empate, pesa. Além disso, a consistência defensiva que a equipe chegou a mostrar com Ramon Menezes sumiu há tempos. E o ataque continua sem funcionar, devido à falta de criatividade e inspiração.

Com mais uma derrota, o Vasco não consegue se distanciar da zona da degola. O Gigante da Colina está na 13ª colocação, com 18 pontos, apenas dois a mais do que o Athletico-PR, primeiro clube no Z-4. O clube carioca disputou 15 jogos pelo torneio e tem duas partidas a cumprir, que foram adiadas.

Na próxima rodada, o Vasco encara o Corinthians, nesta quarta-feira, às 21h30, em São Januário. O jogo pode marcar a estreia do técnico Ricardo Sá Pinto. Já o Internacional tem mais um carioca pela frente e faz um confronto direto no topo da tabela com o Flamengo, domingo, às 18h15, no Beira-Rio. Antes, o Colorado volta as atenções para a Libertadores: enfrenta a Universidad Católica, no Chile, na quinta-feira, às 21h30.