À PF, ajudante de ordens de Bolsonaro confirma encontro com Luís Miranda

O ajudante de ordens do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), Jonathas Diniz Vieira Coelho, capitão de corveta da Marinha, confirmou à Polícia Federal o encontro entre o presidente e o deputado federal Luis Miranda (DEM-DF). As informações são do jornal O Globo.

Segundo Jonathas, em março deste ano, Miranda enviou a ele mensagens pedindo para que avisasse Bolsonaro sobre “um esquema de corrupção pesado na aquisição das vacinas dentro do Ministério da Saúde“.

Miranda afirma que no dia 20 de março ele e seu irmão, o servidos do Ministério da Saúde Luis Ricardo Miranda, foram relatar as suspeitas de irregularidades no contrato de compra da Covaxin ao presidente Bolsonaro, no Palácio da Alvorada.

O depoimento do ajudante de ordens de Bolsonaro foi prestado à PF no último dia 1º. Segundo o relato de Jonathas, Bolsonaro tomou conhecimento da mensagem enviada por Miranda.

A oitiva faz parte do inquérito sobre suposta prevaricação de Bolsonaro. De acordo com Jonathas, o encontro entre os irmãos Miranda e Bolsonaro aconteceu entre 16h30 e 17h30, e que Luis Miranda chegou acompanhado de outras duas pessoas: sua esposa e seu irmão.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui