Amazonas foi ‘laboratório humano’, diz jornal sobre relatório da CPI da Covid

Manaus – Am: A crise do oxigênio no Amazonas deve ser um dos principais assuntos no relatório final da CPI da Pandemia, de acordo com publicação do jornal O Estado de S.Paulo. Segundo o jornal, o relatório diz que “o governo Bolsonaro fez do Amazonas um ‘laboratório humano’”.

Conforme o Estadão, será citada a crise de oxigênio no estado, o uso do tratamento precoce em Manaus e falta de coordenação nacional no que, posteriormente, causou desabastecimento de oxigênio em todo o país.

Na semana passada, em entrevista à Folha de S. Paulo, o relator Renan Calheiros já havia afirmado que a crise no Amazonas foi um dos casos mais graves para a Comissão. “O caso da Prevent Senior, agora na reta final, e o de Manaus foram os mais aterradores de nossa apuração. Em Manaus, a delegação da morte, que é a comitiva oficial do Ministério da Saúde, matou pessoas asfixiadas”, afirmou.

O relatório final da CPI deve ser lido nesta quarta-feira (20) e sua votação foi adiada para a próxima terça-feira (26). As novas datas foram anunciadas neste domingo (17), após os senadores divergirem sobre indiciar três filhos do presidente Jair Bolsonaro.

Nesta segunda-feira (18) o senador Renan Calheiros deve disponibilizar o relatório aos senadores para começar as discussões sobre os indiciamentos. “Esse grupo é um grupo heteregênio e o processo legislativo só caminha pela maioria”, disse Calheiros sobre as divergências da Comissão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui