Bolsonaro promete defender família e respeitar ‘tradição judaico-cristã’

3
153

Em discurso de posse nesta terça-feira, o presidente Jair Bolsonaro assumiu compromisso de defender a família e valorizar a tradição judaico-cristã no país.

Durante a fala de dez minutos, Bolsonaro ressaltou a campanha eleitoral que o elegeu, agradeceu ao povo brasileiro que ‘cobriu-se em verde-amarelo’ e  prometeu responsabilidade fiscal.

Acompanhe o Blog do Pávulo no Facebook   Twitter  Instagram

João Doria toma posse como governador de São Paulo

O presidente terminou o discurso com o lema da campanha: “Brasil acima de tudo e Deus acima de todos”, sendo aplaudido pelos presentes no Congresso Nacional.

Bolsonaro disse estar comprometido com uma sociedade ‘sem discriminação’. “Prometo respeito a todas as religiões e nossa tradição judaico-cristã”.

O novo presidente defendeu reformas estruturais para transformar o cenário econômico e gerar empregos. Ele disse que o estímulo ao livre mercado e à eficiência na Economia permitirá que os jovens “conquistem pelo mérito bons empregos e sustentem com dignidade sua família”. “Precisamos abrir o mercado para o comércio internacional sem viés ideológico”, disse. Bolsonaro também manifestou o compromisso de não deixar o governo gastar mais do que arrecadar.

Falando em ‘direito à legítima defesa’, Bolsonaro também acenou para a ampliação do porte de armas no Brasil. Ele citou o referendo de 2005, em que 63% dos brasileiros votaram a favor do comércio de armas.

Bolsonaro ainda prometeu proteger e revigorar a Democracia e agradeceu à Deus, à família e ao ‘povo brasileiro’.

 

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here