Especulado na Sefaz, nome de condenado no STJ agita corredores

Manaus – Vem causando agitação a informação não confirmada de que o auditor fiscal José Ricardo Castro estaria sendo cotado para um cargo do primeiro escalão da Secretaria de Fazenda (Sefaz) do governo Amazonino Mendes (PDT).

Não há divulgação da parte do governo desse assunto.

Ricardo Castro, atual presidente do Sindicato dos Funcionários Fiscais do Amazonas (Sindifisco-AM), foi condenado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) a devolver quase R$ 82 milhões aos cofres públicos do Governo do Estado.

STJ condena fiscal da Sefaz a devolver R$ 82 milhões ao governo

Com conteúdo do site BNC 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui