Padeiro do tráfico de drogas cai nas garras da lei

0
25

A equipe de investigação do 10º Distrito Integrado de Polícia (DIP), coordenada pelo delegado Rodrigo de Sá, titular da unidade policial, prendeu, em flagrante, na tarde de quarta-feira, dia 8, por volta das 17h30, o padeiro Ismael Mendonça de Brito, 19, responsável por um mini laboratório de drogas desarticulado na residência dele, situada na Rua Professor Castro Figueiredo, antiga Rua X, terceira etapa do bairro Alvorada, zona Centro-Oeste.

Conforme o titular do 10º DIP, Ismael foi preso após a equipe receber delações, por meio do número 181, o disque-denúncia da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), relatando que uma dupla estava organizando um mini laboratório de refino de drogas naquela área e, ainda, vendendo os entorpecentes. Os policiais civil se deslocaram até a casa de Ismael, onde ele morava com os pais.

“Contamos com a participação da população para indicar o endereço e, para isso, montamos uma estratégia no final da tarde de quarta-feira, dia 8. Durante revista do infrator apreendemos 16 trouxinhas de pasta base de cocaína, uma pedra grande e uma média de oxi, 68 pinos vazios que são utilizados para armazenar drogas, uma porção grande de cafeína, além de material para mistura e embalo de drogas. Mais uma vez prendemos um indivíduo, que apesar da pouca idade, possui uma extensa ficha criminal.”, disse Rodrigo de Sá.

No 10º DIP, o jovem foi autuado em flagrante por tráfico de drogas. Em consulta ao Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp), foi constatado que o infrator possui passagem pela polícia por tráfico de drogas, receptação e adulteração de sinal identificador de veículo automotor. Ao término dos procedimentos cabíveis na delegacia, ele será levado para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, no bairro São Francisco, zona Sul.

Segundo o delegado, no decorrer das investigações foi constatado que Ismael atuava na prática ilícita em parceria com um homem, cuja a identificação já é de conhecimento da polícia, que também participa mistura e venda dos entorpecentes. O delegado ressaltou que as investigações continuam para prender o indivíduo envolvido na ação criminosa, para que possa responder pela prática ilícita.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here