Roberto Cidade é reconduzido à presidência da Assembleia Legislativa do Amazonas em votação unânime

Manaus – AM: O deputado estadual Roberto Cidade (UB) foi aclamado como presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), para o biênio 2023/24, durante a eleição da mesa diretora da Casa realizada na manhã desta quarta-feira, 1º de fevereiro, no Plenário Ruy Araújo. Parlamentar de segundo mandato, Cidade foi reconduzido à presidência da Assembleia Legislativa obtendo a totalidade de votos.

“Estou feliz e emocionado por tomar posse para o meu segundo mandato. Me sinto mais preparado para os novos desafios que virão nos próximos quatro anos. Só tenho a agradecer a Deus e à população do meu Estado, que me permitiu estar aqui. Trabalhei durante esses anos cultivando a união. Mesmo quando os interesses divergiram, foi a união que prevaleceu. Dia a dia, sempre escolhemos o caminho da conciliação, do debate construtivo, do entendimento republicano. Continuaremos trabalhando com independência. Legislando, observando, fiscalizando, mas sempre respeitando e valorizando a harmonia e o equilíbrio entre os poderes constituídos”, afirmou.

A mesa diretora da Assembleia Legislativa do Estado tem como primeiro vice-presidente, o deputado Carlinhos Bessa (PV); na segunda vice-presidência, a deputada Alessandra Campêlo (PSC) e na terceira vice-presidência, o deputado Felipe Souza (Patriotas). O ouvidor é o deputado Sinésio Campos (PT).

A secretaria-geral da Casa será exercida pelo deputado, João Luiz (Republicanos); o primeiro secretário é o deputado, Abdala Fraxe (Avante); a segunda secretária é a deputada Joana Darc (UB); o terceiro secretário é o deputado, Cabo Maciel (PL). E o corregedor da Aleam é o deputado Dr. Gomes (PSC).

“Temos uma Assembleia jovem; no entanto, todos os deputados estão capacitados para exercer a função para qual foram eleitos. Parabenizo cada deputada e deputado, os que estão chegando e os que foram reeleitos. Que cada pronunciamento, cada propositura, cada projeto de lei, cada emenda, cada debate, mesmo os mais acirrados, sejam voltados para fazer a diferença na vida da nossa gente. Desejo que todos realizem um grande mandato”, disse.

Balanço primeiro mandato

Em seu primeiro mandato, Roberto Cidade apresentou 272 Projetos de Lei, 1.799 requerimentos e teve sancionadas 223 leis. Em quatro anos de trabalho parlamentar, Cidade destinou um total de R$ 46,9 milhões de recursos em emendas, individuais ou de bancada, para a capital e os municípios do interior, a maioria delas para ações na área de saúde.

Biografia

Roberto Maia Cidade Filho foi eleito para seu segundo mandato de deputado estadual do Amazonas pelo União Brasil (UB), nas eleições de 2022, com 105.510 votos, a maior votação obtida por um deputado em toda a história. Em sua primeira eleição, em 2018, ele havia sido o segundo mais votado do pleito, com 33.239 votos, concorrendo pelo PV.

A estreia de Cidade na política foi na campanha de 2016 quando, aos 29 anos, concorreu ao cargo de vereador de Manaus, obtendo 6.285 votos, pelo Partido Trabalhista Nacional (PTN). Primeiro suplente, assumiu por dois meses uma vaga na Câmara Municipal de Manaus (CMM), em 2018.

No primeiro biênio de seu primeiro mandato como parlamentar estadual na Aleam. Roberto Cidade, foi eleito 3º Vice-Presidente da Casa Legislativa e assumiu a Comissão de Transportes, Trânsito e Mobilidade.

 Já em dezembro de 2020, foi eleito presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas, recebendo 16 votos dos 24 parlamentares. Foi o único deputado de primeiro mandato a ser eleito presidente do Poder Legislativo e o mais jovem também, com 34 anos.

Na sua primeira presidência da Aleam, Cidade conduziu votações de matérias essenciais, especialmente nos momentos mais críticos da pandemia, sendo que algumas delas foram fundamentais para a retomada da economia no Estado.

Foi assim com a Lei do Gás, com a aprovação dos auxílios emergenciais e do auxílio estadual permanente, e a destinação de R$ 160 milhões do Fundo de Fomento ao Turismo, Infraestrutura, Serviços e Interiorização do Desenvolvimento do Estado do Amazonas – FTI para que os municípios pudessem executar ações de combate à Covid-19, além da criação das emendas de bancada que ampliaram a área de atuação dos deputados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui